Quem Somos?

A Pax Christi é um Movimento Católico Internacional para a Paz, fundado em França em 1945 com o objectivo de encorajar a reconciliação e a paz no seio das nações feridas pela II Guerra Mundial.

Como movimento baseado na fé, com mais de 100 organizações membros activas em todo o mundo, a Pax Christi procura transformar um mundo abalado pela violência, pelo terrorismo, pelo aprofundamento das desigualdades e pela insegurança global, num mundo onde as pessoas possam viver em paz, sem medo da violência, em todas as suas formas, trabalhando, com todos os homens e mulheres de boa vontade, pela paz entre todos, testemunhando sempre a paz de Cristo.

Através da oração e da espiritualidade, do estudo e da acção, a Pax Christi quer contribuir para "edificar um mundo verdadeiramente mais humano para todos" (Gaudium et Spes 77) e em todos os lugares, promovendo uma cultura da paz e da não-violência baseada na justiça, na reconciliação, no desenvolvimento e no respeito pela vida e pelos direitos de cada ser humano.

A Pax Christi tem estatuto consultivo nas Nações Unidas, na UNESCO e no Conselho da Europa. Em 1983 recebeu o Prémio Educação para a Paz da UNESCO e em 1987 o Prémio Mensageiro da Paz das Nações Unidas.

A Pax Christi em Portugal

A primeira iniciativa da Pax Christi em Portugal remonta a 1980, com a realização da "Route" Internacional, à volta do tema "Mudar as armas em acções de vida". Em 1984 dão-se os primeiros passos no sentido da criação da secção portuguesa. A 19 de Maio de 1985, 22 pessoas vindas de Carcavelos, Coimbra, Évora e Lisboa, aprovam os estatutos e órgãos responsáveis da Pax Christi em Portugal. Em Abril de 1992, a Conferência Episcopal Portuguesa aprovou os Estatutos, tendo sido primeiro presidente D. Manuel Martins, na altura Bispo de Setúbal.

Presidente: D. Manuel Linda

Vice-presidente: Maria Margarida Saco

Secretário Geral: Manuel Quintãos